publicado em 18 de Janeiro de 2011
  Programa pela Educação Integral No Nordeste

Prorrogadas para 31 de Janeiro as Inscrições para Progrma de Educação Integral no Nordeste

Projetos unindo ONGs e escolas públicas devem contribuir para educação integral em municípios de regiões metropolitanas nordestinas

Foi prorrogado para o dia 31 de janeiro o prazo final de inscrições de projetos para o Programa pela Educação Integral, iniciativa do Fundo Juntos pela Educação. Serão escolhidos projetos, unindo escolas públicas e organizações sociais, de territórios situados nas Regiões Metropolitanas do Nordeste, com exceção de João Pessoa, que já participou do primeiro ciclo do Programa. Os projetos inscritos devem contribuir para a efetivação do direito à educação integral de qualidade de crianças e adolescentes, por meio de atividades complementares realizadas em escolas ou em organizações sociais.

O Fundo Juntos pela Educação foi constituído em 2004, por Instituto Arcor Brasil, Instituto C&A e VITAE. Estas instituições, com anos de dedicação à educação, decidiram criar um fundo para investir em projetos inovadores no setor. Chamado inicialmente de Programa pela Educação em Tempo Integral, o primeiro ciclo da ação foi realizado entre 2005 e 2010. O Programa deu respaldo a projetos em Campinas (SP) e municípios da Paraíba: João Pessoa, Lucena e Santa Rita.

A partir de 2011 o foco estará nas capitais e regiões metropolitanas nordestinas, território portanto do segundo ciclo do agora chamado Programa pela Educação Integral, com duração prevista até 2013. Podem encaminhar projetos, para avaliação pelo Fundo Juntos pela Educação, organizações sociais sem fins lucrativos (ONGs, OSCIPs, Associações Escolares, de Bairro, Moradores, Religiosas, Agremiações), que desenvolvam ações que promovam o atendimento de crianças, adolescentes e jovens na perspectiva da educação integral. Serão aceitos projetos elaborados, geridos e desenvolvidos em articulação, por pelo menos 4 organizações.

Deverá ser definida uma organização proponente, que será responsável por receber os recursos e apresentar a documentação necessária. As demais organizações da articulação deverão ser identificadas no formulário de inscrição. Só será aceito um projeto por organização social, enquanto proponente. O edital está publicado na íntegra no site do Fundo Juntos pela Educação ( www.juntospelaeducacao.com.br), onde também podem ser feitas as inscrições, com os formulários devidamente preenchidos e documentação encaminhada.

Com o apoio a projetos apontando para a articulação de redes locais de educação em tempo integral, nas capitais e regiões metropolitanas do Nordeste, o Fundo Juntos pela Educação espera contribuir para a qualificação de profissionais e de espaço físico e infraestrutura de organizações que lidam com educação integral. Espera também estimular a participação ativa das famílias e comunidades em projetos de educação integral e contribuir com a formulação e execução de políticas públicas na área de educação integral. Objetiva igualmente colaborar para articular diferentes atores sociais para a educação integral de crianças, adolescentes e jovens de regiões determinadas, bem como contribuir para a formulação e execução de políticas públicas na área de educação integral.
Os projetos candidatos a receber apoio do Fundo Juntos pela Educação devem atender aos objetivos do Programa pela Educação Integral conforme item 1.1 deste edital, apresentando justificativa com base nas necessidades e demanda social local. Os projetos devem igualmente apresentar descrição clara dos objetivos a serem alcançados, apresentar ações compatíveis aos objetivos, problemas e soluções propostos e envolver a comunidade nas ações propostas pelo projeto. Os projetos ainda devem apresentar consistência e coerência no plano de trabalho proposto, apresentar indicadores de resultado, apresentar viabilidade financeira com base no plano de trabalho e ter infraestrutura física para desenvolvimento das ações do projeto. As organizações participantes devem apresentar equipe técnica compatível com as ações e com o plano de trabalho e indicativos de continuidade das ações, após o término do apoio pelo Fundo, além de contar com parcerias locais estabelecidas.

Serão apoiados projetos com sede em territórios dos municípios seguintes, integrantes das respectivas regiões metropolitanas:
Maceió, Alagoas – Barra de Santo Antonio, Barra de São Miguel, Coqueiro Seco, Maceió, Marechal Deodoro, Messias, Paripueira, Pilar, Rio Largo, Santa Luzia do Norte e Satuba.
Salvador, Bahia – Camaçari, Candeias, Dias d’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz;
Fortaleza, Ceará – Aquiraz, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Eusébio, Fortaleza, Guaiúba, Horizonte, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacatuba, Pacajus, Pindoretama, São Gonçalo do Amarante;
São Luiz, Maranhão – Paço do Lumiar, Raposa, São Luiz e São José de Ribamar.
Recife, Pernambuco- Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, São Lourenço da Mata, e Recife;
Natal, Rio Grande do Norte – Ceará-Mirim, Extremoz, Macaíba, Monte Alegre, Natal, Nísia Floresta, Parnamirim ,São Gonçalo do Amarante, São José de Mapibu.
Aracaju, Sergipe – Aracaju, Barra dos Coqueiros, Nossa Senhora do Socorro e São Cristóvão.
Teresina, Piauí – Altos, Beneditinos, Coivaras, Curralinhos, Demerval Lobão, José de Freitas, Lagoa Alegre, Lagoa do Piauí, Miguel Leão, Monsenhor Gil, Teresina, União e Timon.

Maiores informações:
Fundo Juntos pela Educação

www.juntospelaeducacao.com.br
José Pedro S.Martins – Consultor de Comunicação
(19) 8206.1867

Comentários

comentário

 
Parceiros
 
  © Copyright 2011. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Start(up)